Le Grand Prix du Monaco

Os leitores muito atentos do Número f/ sabem que o seu autor, o M. V. M., tem uma fraqueza: gosta de automóveis e de desporto automóvel. Não ao ponto de andar com cachecóis e bonés da sua equipa ou piloto favoritos, mas um gosto que o leva, por exemplo, a manter-se a par dos campeonatos das fórmulas secundárias – aquelas por que cada piloto passa antes de chegar ao topo, que é como quem diz a Fórmula 1. Por exemplo, faço parte de um círculo muito restrito de pessoas que não ficaram nada surpreendidas por o finlandês Valtteri Bottas ter vencido este ano o seu primeiro grande prémio: acompanho a carreira dele desde 2009 (chamem-me o que quiserem depois desta revelação) e sei que é um campeão do mundo em potência.

Mas tenho uma equipa da minha preferência desde 1981. Essa equipa é a Ferrari e passei a simpatizar com ela por causa de um Grande Prémio em especial: o Grande Prémio do Mónaco de 1981. Nessa altura os Ferrari estavam equipados com motores turbocomprimidos cuja resposta era lenta e brusca, o que os tornava inadequados para pistas sinuosas – mas, apesar deste handicap, Gilles Villeneuve venceu no Mónaco com um Ferrari.

Ora, é precisamente do GP do Mónaco que vou escrever de seguida. E, no caso de pensarem que este era mais um dos meus impertinentes textos fora do tema, vou surpreender-vos: é mesmo sobre fotografia. Simplesmente, o GP do Mónaco é um evento de tal maneira único que merece alguma atenção – mesmo (e esta é outra surpresa) de fotógrafos que nada têm que ver com desporto automóvel.

Mas antes um pouco de contexto: o ambiente do Grande Prémio do Mónaco é completamente decadente. Quem já tiver ido a Montecarlo sabe como é frequente cruzarmo-nos com Rolls-Royces e automóveis similares. Quando fecham as ruas do principado para armar a tenda desse circo que é a F1, ao kitsch local junta-se o jet-set de todo o mundo: rappers, actores, criadores de moda, vedetas de outros desportos – you name it. Tudo com uma animação cheia de champanhe e caviar, com grandes festas e passagens de modelos. Repito-o: um acontecimento social completamente decadente. Contudo, para muitos, assistir ao GP do Mónaco é o sonho de uma vida: é viver a ilusão de, por um dia, ter feito parte desse mundo glitzy.

Por tudo isto, foi interessante verificar que Martin Parr, fotógrafo da Magnum a quem ainda há bem pouco me referi, andou a fotografar os bastidores do GP do Mónaco de 2017 (que, curiosamente, foi ganho por um Ferrari). Como era de esperar de Martin Parr, fotógrafo com uma visão finamente sarcástica do mundo, as fotografias que a Magnum mostrou no seu website (por uma questão de direitos autorais não as publico com o texto, mas podem vê-las aqui), as fotografias nada têm que ver com os automóveis, nem com as celebridades ou os modelos das passerelles. Aliás, só figuram nelas um piloto, mas é de uma das fórmulas secundárias que correm no Mónaco nos dias em que dura o GP, e um ex-piloto. O resto é o lado meramente humano e patético que só alguém desapaixonado, mas extremamente perspicaz, é capaz de ver num lugar e num acontecimento como aquele.

O que tem que se lhe diga. Os bons fotógrafos fazem isto: em lugar de se concentrarem naquilo que toda a gente sabe que é o que se está a passar, preferem observar o invulgar, o que se passa paralelamente, fora (neste caso) da pista. Mostram o lado que se vê quando descemos os olhos do glam das festas e da pista. Para fotografar o ambiente e as celebridades, há os fotógrafos contratados para produzir esses resultados; para fotografar a pista existem profissionais imensamente competentes como Mark Sutton e Rainer Schlegelmilch. Mas quem nos mostraria o resto, o lado comezinho e humano, senão um fotógrafo da Magnum?

M. V. M.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s