Robert Capa e eu

INDOCHINA (VIETNAM). May 25th, 1954. Motorcyclists and woman walking on the road from Nam Dinh to Thai Binh.

O que vão ler de seguida é uma retractação pública. Por diversas vezes aludi aqui depreciativamente a um dos maiores fotógrafos do mundo (e, quando digo um dos maiores, é por considerar que ele está no mesmo nível que Cartier-Bresson e W. Eugene Smith), o que foi, na melhor das hipóteses, uma parvoíce. Na pior, um caso crasso de ignorância.

O fotógrafo a que me refiro foi Robert Capa, pseudónimo do austro-húngaro Endre Friedmann. Houve uma razão para a minha apreciação (pode dizer-se depreciação?) de Capa: baseei-me apenas em duas fotografias – evidentemente, a do militar avançando pelo mar em direcção à praia no Dia D e a Morte de Um Soldado Legalista (sendo a minha apreciação desta última influenciada pelos rumores de que foi encenada). Ambas as fotografias são sofríveis do ponto de vista técnico e, embora nunca tivesse negado a sua importância histórica, baseei a minha opinião sobre elas na técnica, interpretando as suas deficiências como inabilidade do fotógrafo.

Não é nada disso. Aquelas fotografias têm deficiências técnicas porque era inacreditavelmente difícil fotografar nessa época e nas condições em que Capa o fez. É certo que W. Eugene Smith fez fotografias de guerra quase perfeitas (em todos os sentidos) na mesma era – mas não a bordo de uma lancha militar, nem confrontado com a necessidade de reagir rapidamente ao ver um soldado ser abatido a tiro. Aquelas fotografias valem pelo que reportam, e isso é que é importante.

CAR1944003W00027/ICP568

Pior do que fazer esse julgamento apressado acerca dessas fotografias foi ter formado a minha opinião sobre o fotógrafo com base exclusivamente nelas. Por causa dessas duas fotografias, abstive-me de aprofundar o meu conhecimento da obra fotográfica de Robert Capa, o que foi um grande disparate. Por que não me ocorreu que, se Robert Capa tem uma enorme reputação, há-de ser por uma boa razão? Por que não pensei que Capa devia ser um fotógrafo de grande valor e importância, se foi um dos fundadores da Magnum? Por que não percebi que a sua obra é muito mais extensa e valiosa do que aquelas duas fotografias, fazendo dele um artista – além de um grande fotojornalista?

A verdade é que fui demasiado leviano. Robert Capa é, como deveria ter percebido mais cedo – de preferência antes de ter proferido juízos de valor mal fundados – um dos grandes fotógrafos da história. A sua importância histórica torna-o num nome fundamental da fotografia, mas havia mais: havia nas suas fotografias um sentido composicional admirável e, sobretudo, um sentido de oportunidade e uma curiosidade pelo invulgar que o tornaram único. Mais tarde viria a ser seguido por muitos fotojornalistas, mas o que ele criou foi único e fez dele um mestre e um precursor.

BOB1938014W00013-ICP317

Depois houve a Magnum. Qualquer pessoa que tenha estado presente na celebração do acto de constituição da Magnum é, só por esse facto, admirável, mas Capa foi quem levou mais longe, com o seu faro de fotojornalista, a cooperativa que criou com Cartier-Bresson, George Rodger e David Seymour. E foi o melhor deles, a par com Henri Cartier-Bresson.

Não, conhecer Robert Capa melhor não diminuiu o meu fervor por W. Eugene Smith. Continuo a sentir que a estética deste último é mais próxima de mim; que me toca com mais intensidade. Mas Robert Capa era o fotógrafo que fazia tudo por uma fotografia, o que chegava mais perto do perigo e corria mais riscos por uma fotografia – tanto que morreu na Indochina, ao pisar uma mina, em 1954. Foi o primeiro dos heróis do fotojornalismo e um fotógrafo de gigantescas aptidões. Não sei como pude ser tão leviano nas palavras que escrevi aqui sobre Robert Capa. Foram de uma injustiça indesculpável. (Mesmo assim, espero que me desculpem…)

M. V. M.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s