Let’s make some noise

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Apesar da minha preferência pela fotografia analógica, não deixo de acompanhar os progressos que têm sido alcançados na fotografia digital. Embora muitos destes progressos sejam conseguidos com o intuito de agradar aos obcecados pela técnica que povoam os fóruns da internet, há um que é verdadeiramente importante e do qual, curiosamente, pouco se fala: a atenuação do ruído.

O ruído, que é causado pela flutuação aleatória de correntes eléctricas no sensor ou nos circuitos electrónicos da câmara, é indesejável; ao contrário do fenómeno equivalente que se manifesta na película (*) – i. e. o grão –, o ruído electrónico em nada contribui para a agrabilidade da imagem. E todos os sensores, pequenos ou grandes, o produzem. Pode é notar-se menos, mas está sempre lá. Todos nós já experimentamos isto: atenuamos as sombras na edição de imagem e o ruído, que parecia até então inexistente, torna-se insuportável.

A edição de imagem, diga-se, não ajuda muito. Além de nem sempre ser eficaz, pode ter um efeito destruidor sobre a nitidez dos contornos dos objectos, especialmente em imagens para as quais foram utilizadas sensibilidades ISO muito elevadas. Deste modo, a única solução real para o problema do ruído consiste em melhorar os sensores.

Nos últimos (poucos) anos os progressos na atenuação do ruído têm sido absolutamente notáveis. Talvez por causa da exigência de sensibilidades ISO cada vez mais elevadas pelos consumidores, a produção de sensores que produzam baixos níveis de ruído tem sido tomada como um imperativo pelos fabricantes. Em apenas seis anos, os progressos foram de tal ordem que tornaram insuportável o uso de câmaras feitas no início deste lapso de tempo.

É o caso da minha E-P1. Usá-la com qualquer sensibilidade acima de 100 ISO é suficiente para roubar qualquer prazer ao acto de fotografar. Ontem resolvi usá-la – com pouca luz, ISO 400. O resultado foi o que se vê na imagem acima. Quando vi as imagens depois de levantar as sombras, foi assustador: os níveis de ruído de crominância eram dignos de uma compacta do início do Século.

Comparar estas imagens com as dos actuais sensores 4/3 de uma OM-D E-M1 – algumas destas podem ser vistas no blogue de Robin Wong – é como comparar a água e o vinho. A evolução desde o sensor Panasonic de 12,3 MP da E-P1 até à nova geração de sensores Sony é simplesmente impressionante. E, se compararmos a evolução do sensor da Sony Alpha 900 para o sensor da Nikon D750, como fez Mike Johnston, a evolução é ainda mais evidente. Isto apenas significa que a fotografia digital tem boas perspectivas de evolução – desde que os fabricantes deixem de se preocupar com os nerds e se concentrem no que é essencial para a qualidade da imagem.

* * *

A propósito da minha escolha musical de 2015, vou fazer aqui uma pequena adenda. Loud Places continua a ser a melhor canção do ano para o M. V. M., mas a runner-up já não é Let It Happen. Há duas semanas que uma canção me tem perseguido. Ao ouvi-la, lembrava-me de coisas como os Sparks e os Associates, mas depois de descobri-la no You Tube percebi que ainda é melhor. Porque não tem nada de retro, nem de pastiche dos anos 80. É uma canção na qual se ouve uma voz verdadeiramente portentosa – a de John Grant. A canção chama-se Disappointing. Não a considero melhor que Loud Places porque sou um inveterado da música electrónica, mas foi uma das grandes canções do ano.

_________
(*) Deve notar-se que os scanners, por estarem sujeitos a flutuações de corrente, podem induzir ruído nas digitalizações de películas, o que tem o efeito de adicionar texturas semelhantes ao grão da película às imagens, mesmo às que são feitas com películas 100 ou 125 ASA.

M. V. M.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s