Demasiado cansado

Hoje foi um dia cansativo e não tive disposição para escrever. Tive um julgamento em Bragança às 10 horas – sim, há juízes que não pensam nesses pequenos pormenores de ter de se fazer uma viagem de 200 km por uma estrada caracterizada pelos seus engarrafamentos e acidentes – e o dia de trabalho não acabou depois da audiência. Cheguei a casa demasiado cansado e, apesar de ter tido em mente escrever mais qualquer coisa sobre o que aprendi com a sessão fotográfica digital de ontem, não o fiz. Fica para amanhã.

Paul_Strand,_Wall_Street,_New_York_City,_1915

Para compensar os leitores, decidi dar aplicação prática ao dito uma imagem vale por mil palavras. Neste caso é uma das que ficaram de fora da minha lista de quinze e é de um vulto da fotografia que vale a pena conhecer. Acreditem ou não, esta fotografia foi feita em 1915. Muito à frente do seu tempo, diria eu. O autor? Um jovem (então com vinte e cinco anos) chamado Paul Strand.

M. V. M.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s