Repin e Lugansky

Eu sei, eu sei: tanto tempo sem escrever – os textos do Número f/ estão cada vez mais esparsos – e, em lugar de uma recensão de uma câmara ou lente, apareço com um vídeo de música! Mas vale a pena: isto que me farão o favor de ouvir é o 4.º andamento da Sonata para Violino e Piano em Lá Maior de César Franck, uma composição belíssima executada soberbamente por dois dos mais brilhantes músicos da actualidade: Vadim Repin (violino) e Nikolai Lugansky (piano). Esta interpretação é a mais enérgica, pungente e cativante que conheço: tenho uma gravação da nossa Maria João Pires com Augustin Dumay e não tem, nem de perto nem de longe, o lirismo e a força destes dois russos. Ouvir Yehudi Menuhin depois disto é um verdadeiro anticlímax. E esqueçam as versões para violoncelo, como a de Jacqueline du Pré e Barenboim: o violino soa muito melhor.

Que pertinência tem isto para a fotografia? Talvez pareça não ter nenhuma – mas juro-vos que, se ouvirem isto uma vez por dia, ao fim de duas semanas estarão a fazer fotografias melhores. Chamem-lhe inspiração.

M. V. M.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s