Ajustado

07271802_4e2fd43c46cc0Eis a consequência do plano de assistência financeira acordado entre o Estado português e o Fundo Monetário Internacional, a Comissão Europeia e o Banco Central Europeu: a economia portuguesa pode não ter sofrido todos os ajustamentos impostos pela Troika, mas a minha já está ajustada. Consciente de que estava a viver largamente acima das minhas possibilidades – eu até me dava ao luxo de ir tomar café após as refeições, vejam lá o esbanjador que eu era! –, resolvi começar a usar rolos baratos, em lugar do luxo absolutamente sumptuário de usar rolos como o Portra 160 e os Ilford, devaneios burgueses que se tornaram insustentáveis. Mais ainda que o sistema português de segurança social.

Ainda não resolvi que rolo a preto-e-branco vou usar para substituir os meus Ilford, que adquiria como um gastador compulsivo e de coração empedernido, indiferente ao facto de haver bancos que necessitam do meu dinheiro para se salvarem. Quanto aos rolos a cores, porém, penso ter descoberto o rolo que irei gastar doravante, como bom cidadão patriota e cumpridor dos desígnios da salvação financeira. Este rolo é o Ferrania Solaris 100, que custa apenas €2,20. Deste modo contribuo, ainda que modestamente, para a solvência do Estado italiano ao incentivar as suas exportações. Que ninguém diga que não sou um bom cidadão europeu.

Não faço ideia que esperar deste rolo. O que vi na internet é inconclusivo, mas permitiu-me perceber que não tem nada que ver com o Fujifilm 160NS. Na verdade – e no caso de alguém não ter percebido que o que escrevi nos parágrafos anteriores é um sarcasmo –, só comprei este rolo porque quero fazer experiências com longas exposições. Não estou à espera que o Ferrania Solaris seja uma boa alternativa ao Kodak Portra 160, embora possa ter uma surpresa tão agradável como foi o Agfa APX 100, que é quase tão bom como os Ilford e o Kodak Tri-X e melhor que o T-Max. Vamos ver de que é este rolo capaz: será o Alfa Romeo ou o Fiat Panda dos rolos a cores?

fuji690GSWMk2unCom ou sem ajustamento financeiro, o certo é que não tenho dinheiro para gastar em equipamento. O que é uma pena, porque a Câmaras & Companhia tem à venda a câmara que eu gostava de ter (sem ser a Nikon Df): uma Fuji de telémetro de médio formato, mais concretamente a GW690 (ou qualquer coisa assim: existem inúmeras câmaras Fuji de médio formato). A câmara de António Júlio Duarte e Patrícia Almeida! Com esta câmara, teria acesso a um mundo vasto e extraordinário: o dos rolos 120, com a sua resolução estupenda e, no caso dos Fuji, com aqueles verdes delirantes de lindos.

Reality check. Os rolos de médio formato têm um número limitado de fotogramas. Se forem usados numa TLR, ou noutra câmara 6×6, os fotogramas são 14 ou 15; numa câmara que use a relação de aspecto 6×7, serão apenas uma dúzia de exposições; mas, com esta Fuji, que fotografa em 6×9, cada rolo faz sete fotogramas! Nem sequer preciso de mencionar que, embora estes rolos custem sensivelmente o mesmo que os seus equivalentes para câmaras de 35mm, a sua revelação é mais cara. E seriam sempre sete exposições, pelas quais pagaria mais do que pelas 36 ou 37 dos rolos 135. Diria que, a despeito do incremento de resolução, pode ser um mau negócio. Diria também que fotografar com uma destas câmaras só se justificaria se fosse um profissional. E dos bons. Ou se fosse um milionário. Sim, porque ainda não mencionei que a Fuji 6×9 custa a módica quantia de €850. Mais que uma Hasselblad C/M 500, mais que uma Rolleiflex 2.8. O meu demoniozinho nem sequer se deu ao trabalho de se levantar.

M. V. M.

Anúncios

1 thought on “Ajustado”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s