Como eu fotografo

Img - 012Alguns leitores poderão eventualmente pensar que, dada a imensidão de teoria que derramo aqui diariamente no Número f/, a minha fotografia é também exaustivamente pensada. Não, não é. Algumas pessoas reconhecem-me um bom sentido de composição, mas este é puramente intuitivo. Na verdade, não penso muito a fotografia nem sequer sou muito de aplicar regras. Nem tenho conhecimentos teóricos de grande monta sobre o assunto, excepto o que li no imprescindível O Olhar do Fotógrafo, de Michael Freeman.

A minha abordagem à fotografia não podia ser mais simples: vejo algo que pode ter interesse fotográfico e procuro imaginar como funcionará no enquadramento; se me parecer que pode dar uma boa composição, visualizo o motivo através do visor. Se me parecer que pode dar uma boa fotografia, disparo; se não, abstenho-me de fotografar. Garry Winogrand dizia que fotografava para ver como os objectos ficavam na fotografia: a minha maneira de fotografar não é assim tão diferente, com a excepção de que, como não sou fotógrafo, sou mais comedido no número de fotografias.

Seja como for, o meu procedimento é este: a) vejo um objecto interessante, que pode ser um lugar, uma pessoa, um automóvel ou outra coisa – desde que me pareça interessante; b) procuro um ângulo que faça com que a fotografia resulte; c) vejo como o objecto fica no enquadramento através do visor; d) se ficar bem, disparo; e) se não ficar bem, desisto. É extremamente simples: não tenho a pretensão de estar a transmitir nada de muito importante nem de fazer fotografias que sejam demoradamente estudadas (também não adiantava, porque ninguém olha para uma fotografia durante mais de cinco segundos).

O processo começa, deste modo, por ver o objecto. A olho nu, i. e. sem intervenção da câmara e da lente. Há motivos que me levam a pensar coisas do género: «isto deve ficar interessante se usar a grande-angular», mas privilegio a fotografia ao nível do olhar, o que implica que a lente de 50mm seja a que passa mais tempo montada na câmara. Gosto de ver as perspectivas e de as capturar tão próximo da maneira como as vejo quanto possível, mas há algumas excepções.

E que procuro eu nos motivos? Penso que, antes de mais, procuro linhas. Sejam elas diagonais, curvas, verticais ou horizontais, desde que sejam fortes e construam uma composição sólida. Se partirem de um ponto de fuga bem definido, tanto melhor. De resto, não me preocupa muito que o motivo surja óbvio. E, como sabem, procuro o contraste. Acima de tudo, importa-me a estética. É verdade – gosto de fazer fotografias bonitas. Nunca quereria ser como James Nachtwey, com as suas fotografias de crianças mirradas pela fome, mesmo que tivesse o seu talento e as suas oportunidades de fotografar. Se um objecto me parece bonito, também me parece, numa primeira apreciação, merecedor de ser fotografado. Contudo, pode muito bem acontecer que esse objecto bonito seja profundamente desinteressante, caso em que me abstenho de fotografá-lo. É muito frequente que eu levante a câmara e a aponte a uma determinada cena, ajuste a exposição, leve o dedo indicador ao botão do obturador e, no momento decisivo, desista da fotografia. Pois é: nem tudo o que é bonito merece ser fotografado.

Esta beleza está, evidentemente, nos meus olhos: é possível que haja pessoas que detestam motivos que me parecem belíssimos e há motivos feios que têm enorme interesse fotográfico. Há dias, quando andava às voltas com o Agfa APX 100, encontrei um Volvo 122. É um automóvel que não é lá muito bonito, mas, adaptando um comentário que li na Internet, prefiro fazer fotografias bonitas de motivos feios a fazer fotografias feias de motivos bonitos. O que me interessa é que a minha fotografia exprima um modo eminentemente pessoal de ver as coisas. Fotografar motivos que toda a gente já fotografou só me interessa se tiver algo de novo a mostrar.

M. V. M.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s