Alguém sabe…?

Peço mais uma vez a ajuda dos leitores para me trazerem alguma luz quanto a um problema que me surgiu. Há algumas semanas atrás, quando experimentava o Ilford HP5, deu-me na cabeça fazer fotografias de surfistas na Praia de Matosinhos. Não sei por que razão me deu para fotografar surfistas, até por não ser o maior apreciador da modalidade, mas pareceu-me uma boa ideia. Tanto que repeti na manhã seguinte.

Img - 017

As coisas até pareceram ter corrido bem: a OM 135mm-f/2.8 tem alcance suficiente – desde que os surfistas não estejam muito longe da areia – e é estupidamente fácil seguir objectos em movimento com a OM-2, pelo que a única complicação foi encontrar motivos decentes. Como a maior parte dos que surfavam nas duas sessões que dediquei à modalidade era um bocado a atirar para o desajeitado – vim mais tarde a descobrir que naquela praia funcionam pelo menos duas escolas de surf e que muitos dos que andavam na água eram seus alunos –, resolvi fazer fotografias de surf um pouco diferentes, com surfistas a caminhar pela areia e outras cenas.

Ao ver as digitalizações no computador, reparei que as fotografias que fiz de surfistas na água, que foram feitas de frente para o mar, com o sol a incidir sobre o lado esquerdo (i. e. ainda a nascente), não apresentavam problemas; mas as outras, que foram feitas perpendicularmente à linha da água e quase directamente contra a luz do sol, saíram com manchas brancas no lado direito e no centro, na parte inferior das fotografias.

Img - 016

Como as fotografias foram feitas com a 135mm-f/2.8, cujo vidro frontal tem algumas manchas por ter estado guardada sem tampa numa vitrina – daí o preço irrisório que paguei por ela –, suspeitei que o problema estivesse na lente, mas depois de uma pequena sessão de testes fotográficos com a E-P1, em que tirei várias fotografias deliberadamente contra o sol com a 135 montada, na qual nenhuma imagem foi afectada por este problema, excluí essa hipótese. Como não me parece que a câmara tenha contribuído, resta-me o rolo. Este é de velocidade ASA 400, o que me obrigou a usar 1/1000 e aberturas muito estreitas: f/16 e f/22. Simplesmente, não tenho nenhuma certeza quanto a isto. Ainda não troquei impressões com Raúl Sá Dantas sobre isto, e pode ter sido um problema com a digitalização – mas não me parece provável: então por que razão só aparecem manchas brancas em certas fotografias, todas elas feitas do mesmo ângulo?

Não sei qual a explicação para aquelas manchas horríveis que se vêem nestas imagens. Alguém sabe? O vosso contributo é muito bem vindo e agradeço-o desde já.

M. V. M.

Anúncios

5 thoughts on “Alguém sabe…?”

    1. Obrigado! Já tive outra informação no mesmo sentido. Parece que vou ter de deixar a OM nas mãos do Senhor Doutor das máquinas fotográficas durante uns dias, para mudar os vedantes do compartimento do rolo… oh well. (Podia ser muito pior.)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s